quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Almas Gêmeas.


         
 Por Zenóbio Oliveira


Ouvi dizer que pra encontrar a fêmea
Que possa vir a ser sua alma gêmea
Pode custar uma eternidade
Mas que é preciso encontrá-la, um dia,
Pois sua vida só terá magia
Se for ao lado da cara-metade.

Sinceramente eu acho uma bobagem
Mesmo sabendo que as pessoas agem
De certa forma obedecendo a crenças
Do meu lado vou amando em várias formas
Pois acredito que o amor não segue normas
Nem de igualdades, nem de diferenças.

O amor quando acontece é espontâneo
E pode ser eterno ou momentâneo
Que mesmo assim nos dará felicidade
E tanto faz ser Maria, Joana, Rita...
E tanto faz ser feia, ser bonita...
Presentemente nos será cara-metade.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Matuto no cinema

video
Este filme foi realizado para a disciplina de Edição para Rádio e TV do curso de Comunicação Social da UERN.
Por Zenóbio Oliveira.